Make your own free website on Tripod.com
 


Clarice Lispector

Fragmentos de

La hora de la estrella
 o
 La culpa es mía
o
Que ella se apañe
o
El derecho al grito
o
En cuanto al futuro
o
Lamento de un blue
o
Ella no sabe gritar
o
Una sensación de pérdida
o
Silbido en el viento oscuro
o
Yo no puedo hacer nada
o
Registro de los hechos precedentes
o
Historia lacrimógena de cordel
o
Salida discreta por la puerta del fondo
 


 
É a história de uma moça tão pobre que só comia cachorroquente. Mas a
história não é isso. A história é de uma inocência pisada, de uma miséria
anônima. Eu morei no Nordeste... eu me criei no Nordeste e depois no
Rio de Janeiro... tem uma feira dos nordestinos no campo de São
Cristóvão, e uma vez eu fui lá. E peguei o ar meio perdido do nordestino
no Rio de Janeiro. Daí começou a nascer a idéia. Depois eu fui a uma
cartomante e imaginei as coisas boas que iam me acontecer. E imaginei,
quando tomei o táxi de volta, que seria muito engraçado se um táxi me
atropelasse e eu morresse, depois de ter ouvido todas essas coisas boas.
Então daí foi nascendo também a trama da história.
 





 
Nadie la miraba en la calle, ella era café frío.



 





Volver a Clarice LispectorVolver a Ophelia